Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

África do Sul. Mulheres em protesto contra violência de género

9 de Agosto de 2018 8:02
9 0
África do Sul. Mulheres em protesto contra violência de género

O dia Nacional da Mulher e o mês da Mulher é celebrado no dia 9 de agosto. Por essa razão centenas de mulheres vão sair à rua nesse dia para aumentar a consciência das pessoas quanto à violência contra mulheres e crianças.

Segundo a CNN, o feminicídio – assassinato de mulher ou jovem – na África do Sul é cinco vezes maior do que a taxa global.

De acordo com um relatório da África Check, o número global de feminicídio em 2015 era de 2,4 por 100 mil mulheres. Na África do Sul era quatro vezes maior – 9,6 em 100 mil.

As mulheres africanas têm partilhado imagens de mulheres e jovens assassinadas pelos parceiros, através das redes sociais e órgãos de comunicação social. Casos com o de Karabo Mokoena, assassinada em 2017 pelo ex-namorado, Sandile Mantsoe.

Em maio deste ano, uma estudante de 21 anos foi supostamente baleada pelo namorado, Thabani Mzolo. A jovem acabou por morrer e o rapaz está à espera de julgamento.

Para além de serem assassinadas, as mulheres também são vítimas de violação.

Siam Lee tinha 20 anos quando desapareceu. A jovem entrou num carro com matrícula desconhecida e nunca mais foi vista. A mãe estava presente na marcha The Total ShutDown.

Fonte: rtp.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0