Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Óbito/Belmiro: Assembleia Municipal do Porto aprova voto de pesar com voto contra do PCP

5 de Dezembro de 2017 2:32
1 0

A Assembleia Municipal do Porto aprovou, na segunda-feira à noite, um voto de pesar pela morte do empresário Belmiro de Azevedo, de 79 anos, com o voto contra do PCP e a abstenção do BE.

O voto de pesar, acompanhado de um minuto de silêncio, foi subscrito pelo movimento independente Rui Moreira: Porto, o Nosso Partido, pelo PS e pelo PSD.

Os deputados municipais expressaram ainda as "mais sentidas" condolências à família do empresário.

Esta votação da Assembleia Municipal do Porto acompanhou a votação na Assembleia da República, onde também o PCP votou contra e o BE se absteve.

O empresário Belmiro de Azevedo morreu na quarta-feira aos 79 anos, depois de décadas ligado ao grupo Sonae, onde chegou há mais de 50 anos e que transformou num império com negócios em várias áreas e extensa atividade internacional.

Belmiro de Azevedo deixa três filhos, Nuno, Paulo e Cláudia, também relacionados com a Sonae, grupo de cuja presidência saiu formalmente em 30 de abril de 2015.

O funeral de Belmiro de Azevedo realizou-se na quinta-feira à tarde, na Igreja Paroquial de Cristo Rei, no Porto, onde marcaram presença o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o antigo chefe de Estado Ramalho Eanes, o líder do PSD, Pedro Passos Coelho, o eurodeputado Paulo Rangel, o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

Fonte: ojogo.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0