Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Artistas portugueses e japoneses exibem obras em Lisboa a favor da paz

5 de Dezembro de 2017 12:24
1 0

Uma exposição com obras de seis artistas portugueses e oito japoneses vai celebrar a paz, a partir de quinta-feira, no Museu do Oriente, em Lisboa, passados mais de 70 anos sobre o bombardeamento atómico de Nagasaki.

Intitulada "Pray for Peace -- Arte Contemporânea de Portugal e Japão", a mostra, que acontece numa altura em que o mundo receia uma nova ameaça nuclear, é inaugurada às 18:30 naquele museu.

Com recurso a materiais como porcelana, papel de seda, madeira ou metal, as obras dos artistas Mami Higuchi, Júlia Pintão, Vitor Espalda, Acácio de Carvalho, Céu Costa e João Carqueijeiro cruzam-se nesta exposição com os trabalhos dos japoneses Mana Aki, Ryuta Endo, Tomiyuki Sakuta, Sanae Yamamoto, Choichi Nishikawa, Kazushige Hamamoto, Takeo Hasegawa e Takashi Yoshida.

A exposição coloca obras de artistas dos dois países em diálogo sobre a paz, apresentando séries em gravura, xilogravura, serigrafia e pintura.

"Pray for Peace -- Arte Contemporânea de Portugal e Japão" é complementada por um conjunto de desenhos de crianças de escolas portuguesas e japonesas, elaborados sobre a temática da paz, e apresentados em formato vídeo.

De acordo com um comunicado do museu, o objetivo da iniciativa é "manter vivos os laços que unem Portugal e Japão", cujas relações históricas remontam a 1543.

A mostra resulta de uma cooperação entre a Câmara Municipal do Porto, a Casa Museu Guerra Junqueiro, o Museu da Paz de Nagasaki, o Museu da Bomba Atómica de Nagasaki e a Matriz - Associação de Gravura do Porto, que têm vindo a desenvolver intercâmbio artístico.

Com comissariado da japonesa Mami Higuchi, a exposição ficará patente até 31 de dezembro no Museu do Oriente.

Fonte: ojogo.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0