Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Autoridades chinesas encerram "escola de pureza" para mulheres

5 de Dezembro de 2017 18:59
1 0

O vídeo, inicialmente difundido através da rede social Sina Weibo - o Twitter chinês -, gerou mais de 5.000 comentários e levou as autoridades a ordenar o encerramento imediato da escola, alegando que esta apresenta "problemas com a moral social" e não tem licença para funcionar.

"As mulheres não devem lutar para progredir na sociedade, devem manter-se num nível abaixo", explicava o professor da escola, situada na província de Liaoning, nordeste da China, e gerida pela Associação de Investigação de Cultura Tradicional, constituída em 2011, após receber aprovação das autoridades locais.

A instituição, que visava atrair adolescentes de todo o país, afirmava que o plano de estudo se baseava na cultura tradicional da China.

A agência noticiosa oficial Xinhua indicou que as aulas para mulheres decorriam numa parte "não autorizada" da escola.

Leia também: PS recusa revogar concessões das cantinas

Fonte: rtp.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0