Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Casado contra a exumação de Franco

17 de Julho de 2018 21:24
12 0
Casado contra a exumação de Franco

Pablo Casado, candidato ao Partido Popular espanhol, discorda com a exumação do corpo de Franco da basílica em Valle de los Caídos. O candidato discursou esta segunda-feira no Fórum Europa.

Na sua intervenção no Fórum Europa, Pablo Casado dedicou grande parte do seu discurso à memória histórica espanhola. Ao referir-se à situação do túmulo de Franco, cujos restos mortais serão transladados, de acordo com o Governo, Casado mostrou ser contra a medida.

“Não gastaria um euro a desenterrar Franco. Pedro Sánchez está a seguir a agenda de Zapatero e a fraturar a sociedade”, declarou na sua intervenção.

Os restos mortais poderão ser sepultados num local a indicar pela família ou, caso não seja indicado um sítio, no cemitério mais próximo, segundo é escrito no jornal espanhol.

A ministra da Justiça, Dolores Delgado, já afirmou que estão a trabalhar no marco jurídico para preparar a transladação, mas que ainda não existe o prazo fixo para a mesma. O presidente espanhol, Pedro Sánchez, comentou à imprensa espanhola que a exumação poderia decorrer em julho.

A transladação do corpo de Franco foi aprovada em Congresso em maio de 2017, com 189 votos a favor e 140 abstenção. O pressuposto é transformar o Valle de los Caídos num local de memória e reconciliação, “e não um pedido de desculpas do Governo”, como disse Oscar Puente, porta-voz do Partido Socialista (PSOE), segundo citação do diário El Pais.

De acordo com um censo do Ministério da Justiça espanhol, o Valle de los Caídos alberga os restos mortais de mais de 33 mil pessoas, das quais 21423 estão identificadas e 12410 continuam por identificar. Os dados são adiantados pelo El Mundo.

Leia também: Fenómeno da "Casa de Papel" já chegou à seleção espanhola

Fonte: rtp.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0