Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

David Cameron muda pergunta no referendo sobre UE

1 de Setembro de 2015 15:12
18 0

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, aceitou esta tera-feira uma recomendação da Comissão Eleitoral para mudar a pergunta colocada no referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia (UE), para evitar o risco de favorecer o "sim".

No referendo, que ainda não tem data marcada, os eleitores deverão responder à pergunta "O Reino Unido deve permanecer na União Europeia ou sair da União Europeia?" com "O Reino Unido deve permanecer na União Europeia" ou "O Reino Unido deve sair da União Europeia".

A Comissão considerou que a pergunta anteriormente definida - "O Reino Unido deve continuar como membro da União Europeia?", a que os eleitores deviam responder "sim" ou "não" -- podia favorecer o "sim" por implicar uma manutenção da situação atual, e, dessa forma, pôr em causa a legitimidade do resultado em caso de vitória do "sim".

"Qualquer pergunta num referendo deve ser o mais clara possível", explicou a presidente da Comissão eleitoral, Jenny Watson.

"Testámos a pergunta junto de vários eleitores e recebemos pareceres de potenciais atores da campanha, de investigadores e de especialistas. A conclusão foi que a formulação é insuficientemente imparcial", explicou.

A mudança implica que já não vá haver campanha "pelo sim" e "pelo não", mas antes por "ficar na UE" ou "sair da UE".

Uma porta-voz do primeiro-ministro britânico disse à imprensa que David Cameron aceita a mudança e vai emendar a lei, que tem de ser aprovada pelo parlamento. David Cameron afirma que defende a permanência do Reino Unido na UE mas quer renegociar a relação do país com a União antes do referendo, que tem de realizar-se até ao final de 2017 mas pode ocorrer já em 2016.

Fonte: cmjornal.xl.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0