Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Mais de 100 pessoas desalojadas pelo fogo em Silves já regressam a casa

9 de Agosto de 2018 12:13
12 0

Regressaram a casa esta quinta-feira de manhã todas as 106 pessoas haviam sido retiradas de casa durante a noite e pernoitado num pavilhão de uma escola em Messines, para se defenderem do avanço das chamas no concelho.

Estão de volta a casa. E todos têm casas, aparentemente intactas, às quais voltar. A presidente da Câmara de Silves, Rosa Palma, disse ao JN que não tem registo de habitações afetadas pelo fogo que motivou a evacuação de várias localidades no concelho de Silves, durante a noite.

Esta manhã a situação está mais calma, com apenas uma frente ativa no concelho de Silves, na zona de Talude, em Messines, mas a noite de quarta-feira foi de medo e ação. Com o avançar das chamas, empurradas pelo vento, 106 pessoas começaram a ser retiradas das casas por volta das 18 horas de quarta-feira, à medida que o fumo, primeiro, e as chamas, depois, se aproximavam das habitações.

A evacuação durou até perto da meia-noite, numa altura em que a situação estava mais complicada. Crianças, mulheres, idosos, gente sã, pessoas doentes; foram levados para o pavilhão da Escola EB 2,3 de João de Deus, em Messines, escondidos do fogo, acolhidos pela sociedade.

A improvisada hospedaria foi montada pelas autoridades competentes com a ajuda de voluntários e associações locais, que ajudaram fornecendo mantas, colchões e cobertores.

Foram servidas refeições, jantar e pequeno-almoço, e prestados cuidados de saúde aos doentes, que incluíram até massagens aos mais idosos.

Fonte: jn.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0