Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Mais de 400 trabalhadores saíram da CGD no primeiro semestre

27 de Julho de 2018 18:08
2 0

Mais de 400 trabalhadores saíram da Caixa Geral de Depósitos entre janeiro e junho deste ano, segundo os dados divulgados esta sexta-feira pelo banco público.

No final de junho, a CGD tinha 7903 empregados na atividade em Portugal, menos 418 do que os 8321 que tinha no final de 2017.

A CGD voltou a abrir este ano um novo programa de rescisões por mútuo acordo e de reformas antecipadas, tal como já fez no passado. Em 2017, deixaram a CGD quase 550 trabalhadores.

Até final deste ano, a CGD espera que ainda saiam mais 200 trabalhadores, indicou o presidente executivo, Paulo Macedo.

Quanto à rede de balcões, no final de junho, a CGD Portugal tinha 522 agências, menos 65 do que no final de 2017, quando tinha 587 balcões.

A CGD anunciou que teve lucros de 194 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, o que contrasta com prejuízos de 50 milhões de euros no mesmo período de 2017.

Leia também: "Muitos pensaram 'o que estás a fazer?', mas correu muito bem"

Fonte: jn.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0