Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Inteligência artificial já consegue enganar os testes Captcha

27 de Outubro de 2017 19:53
9 0

Investigadores norte-americanos já conseguiram criar um modelo de inteligência artificial capaz de resolver os testes Captcha, uma ferramenta informática para diferenciar os humanos dos computadores.

Os testes Captcha constituem um mecanismo de segurança, presente em algumas páginas da Internet, que requer a introdução de um conjunto de carateres exibidos numa imagem distorcida, para que os utilizadores possam aceder aos conteúdos dos 'sites', evitando que robôs o façam.

Durante muitos anos, investigadores têm tentado criar modelos informáticos capazes de resolver estes testes, mas até agora sem sucesso.

O novo modelo tem a capacidade de aprender e generalizar de forma semelhante aos humanos, explicou um dos investigadores responsáveis, Dileep George, acrescendo que ele e os colegas conseguiram "treinar" os robôs com conhecimentos de neurociência.

Segunda a Science, este modelo conseguiu resolver com sucesso os testes da Yahoo em 57,4% das vezes, do PayPal em 57,1% e os testes reCaptcha da Google em 67%.

Resolvidos pelos humanos em 87% das ocasiões, este tipo de testes é considerado inútil se os computadores os superarem em mais de um por cento.

Dileep George conta que a intenção dos investigadores é apenas criar robôs capazes de raciocinar como os humanos, não estando diretamente relacionado com os Captcha.

"O objetivo a longo prazo é construir uma inteligência que trabalhe como a humana", esclarece o investigador e cofundador da empresa de inteligência artificial Vicarious, acrescentando que os Captcha foram apenas um meio de verificação.

"É um teste em que podes comprovar se o teu modelo pode trabalhar como um cérebro", explica Dileep George em declarações à rede americana de rádios públicas NPR.

Fonte: jn.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0