Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Johnny Depp alega legítima defesa em caso de agressão nos bastidores de "City of Lies"

21 de Agosto de 2018 14:28
7 0

Johnny Depp garante que a agressão que cometeu contra um membro da equipa técnica do filme "City Of Lies", Gregg Brooks, foi em legítima defesa.

Nos registos legais do processo que Gregg Brooks apresentou contra o Johnny Depp, o ator norte-americano sustenta que foi a alegada vítima que provocou a ação violenta. "Os atos contra os quais o queixoso protesta foram provocados pela conduta ilegal e errada do mesmo, sendo que agiu de forma maliciosa e fez com que Depp temesse pela própria segurança", pode ler-se em documentos legais obtidos pelo site The Wrap.

Alegadamente, Brooks teria avisado Deep de que poderia repetir uma cena apenas mais uma vez o que levou o ator a adotar um comportamento agressivo. O intérprete terá ameaçado o membro da equipa técnica e ter-lhe-á oferecido 100 mil dólares para lhe dar um murro.

O membro do "staff" foi afastado da produção do filme por ter apresentado queixa contra o ator, de 55 anos, que estaria alcoolizado aquando da agressão.

Fonte: jn.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0