Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Ladrões inventam roubo para a Polícia os levar a casa

13 de Setembro de 2018 19:13
1 0

PJ deteve toxicodependentes de Lamego que queriam vender, no Porto, arma ilegal furtada.

Fizeram a viagem de Lamego ao Porto para vender uma caçadeira furtada, mas acabaram por ser vítimas de uma "banhada" pelos compradores, ficando sem dinheiro, nem arma, nem forma de voltar a casa.

Depois de o negócio ter corrido mal, os dois queixosos, ambos toxicodependentes, inventaram uma história segundo a qual teriam sido assaltados, isto na tentativa de se fazerem passar por vítimas, para que autoridades os levassem de volta a Lamego. Mas a Polícia Judiciária do Porto desmontou a invenção rapidamente e deteve os indivíduos por furto qualificado, tráfico e mediação de armas e simulação de crime.

Tudo aconteceu na última segunda-feira, dia em que os dois indivíduos, com 20 e 35 anos, um ajudante de armazém e o outro cozinheiro, assaltaram a residência de um emigrante, em Lamego, de onde furtaram uma caçadeira.

Viram logo ali uma oportunidade de fazerem negócio, vendendo a arma e comprando droga com o dinheiro ou, simplesmente, trocando-a diretamente por droga. Por isso, rumaram ao Porto, onde a probabilidade de concretizarem a compra e venda era maior.

No caminho, o carro avariou e acabaram a viagem de táxi. Foram ao bairro de Ramalde, onde estiveram com traficantes que lhes ficaram com a arma, sem darem nada em troca. Sem transporte, nem dinheiro, chamaram a PSP, alegando terem sido assaltados. O caso passou para a PJ. Mas nada batia certo. Acabaram por confessar.

Fonte: jn.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0