Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Márcia Costa reforça seleção feminina de basquetebol

3 de Fevereiro de 2018 11:32
7 0
Márcia Costa reforça seleção feminina de basquetebol

A inclusão da extremo Márcia Costa é a grande novidade na seleção portuguesa feminina de basquetebol que inicia este domingo, na Quarteira, o estágio de preparação para a fase de qualificação para o Eurobasket de 2019.

Após ter sido desbloqueada uma questão burocrática que se arrastava há vários anos, Márcia Costa pode, finalmente, jogar como portuguesa na equipa das quinas, constituindo um reforço de peso para Portugal, o país onde nasceu e sempre jogou.

"Estou mesmo muito satisfeita. Já não fazia parte das minhas expectativas integrar a seleção, porque pensava que isso já não era possível. Agora estou em pé de igualdade com as minhas colegas e quero contribuir para o sucesso da nossa seleção", disse a basquetebolista do GDESSA Barreiro, em declarações ao sítio da Federação Portuguesa de Basquetebol.

O selecionador Ricardo Vasconcelos passará a contar com uma das melhores jogadoras da Liga feminina, MVP da final da última temporada e que acabou por ser decisiva no título conquistado pelo conjunto do Barreiro.

"Acredito, acima de tudo, que se trata de uma grande vitória do basquetebol português. Durante os últimos seis anos, foram várias as pessoas com quem tentámos resolver estas questões no seio da Federação Internacional (FIBA)", sublinhou o selecionador nacional.

Segundo Ricardo Vasconcelos, esta é, "do ponto de vista desportivo, uma excelente notícia".

"Não tenho dúvidas de que a capacidade física, o caráter e a ética de trabalho da Márcia serão uma mais valia para o nosso grupo", frisou o selecionador luso.

Atual quarto e último classificado do Grupo D de qualificação, com dois pontos - a série é liderada pela Grécia, com quatro -, Portugal anseia aproveitar a "janela" de fevereiro para se manter na corrida pelo apuramento para a fase final, que ainda é possível.

Neste quadro, a seleção nacional defronta no dia 10 de fevereiro a Inglaterra, em partida agendada para as 21h00, no Pavilhão Desportivo Municipal de Loulé, voando logo de seguida para a Grécia, onde irá enfrentar a forte seleção helénica, no dia 14, pelas 15h00 na cidade de Chalkida.

Nos dois jogos já realizados no Grupo D, Portugal perdeu, em Almada, com a Grécia por 66-60, cedendo nova derrota perante Israel, em Telavive, por 59-56.

A campanha de qualificação só termina em setembro de 2018, com Portugal a defrontar Israel (dia 17) e a Inglaterra (dia 21).

Para a fase final do Eurobasket de 2019, que se realiza em agosto, na Sérvia e Letónia, qualificam-se os primeiros classificados de cada um dos oito grupos, além dos seis melhores segundos posicionados, num total de 16 finalistas, incluindo a Sérvia e Letónia como países organizadores.

- Bases: Catarina Neves (Benfica), Inês Viana (CAB Madeira), Michelle Brandão (Lokomotiv Trutnov/Che) e Maria João Correia (Valencia Basket/Esp).

- Extremos: Márcia Costa (GDESSA Barreiro), Carolina Escórcio (Quinta dos Lombos), Josephine Filipe (Quinta dos Lombos), Daniela Domingues (AD Vagos), Marcy Gonçalves (CAB Madeira) e Rosinha Rosário (CAB Madeira).

- Postes: Emília Ferreira (GDESSA Barreiro), Lavínia da Silva (Cestistica Spezzina/Ita), Sofia da Silva (Campus Promete/Esp) e Luiana Livulo (Campus Promete/Esp).

Fonte: rtp.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0