António Costa homenageia Vieira da Silva em Paris

23 de Novembro de 2013 15:31

26 0

"É um momento importante e é mais uma ocasião em que a Câmara de Paris demonstrou o seu grande respeito, admiração e amizade, não só com Lisboa, como com toda a comunidade portuguesa que vive em Paris. Esta homenagem à Vieira da Silva é também uma forma de fazer essa homenagem", disse à Lusa António Costa.

O conselheiro da Câmara de Paris e luso-descendente, Hermano Sanches Ruivo, sublinhou que esta homenagem à artista franco-portuguesa "é um ponto suplementar sobre a visibilidade da comunidade portuguesa em França".

"Vieira da Silva, por ela própria, tem uma dimensão internacional e essa dimensão internacional ajuda-nos a nós, portugueses de França, portugueses de Paris. Dá-nos mais visibilidade e a possibilidade, o dever, de continuar a atuar e a exigir também", acrescentou o eleito de origem portuguesa.

Hermano referiu que é necessário "que seja recuperada uma parte do atraso que a França tem no prestar homenagem à comunidade portuguesa e aos portugueses, sejam eles grandes artistas, sejam eles modestos trabalhadores".

A pintora Maria Helena Vieira da Silva (1908-1992), que se naturalizou francesa em 1952 e foi galardoada com o Grande Prémio Nacional das Artes, do Governo francês, tem a partir de hoje uma placa com o seu nome na casa onde viveu e trabalhou, em Paris, no número 34 da rua de l'Abbé Carton, no XIV bairro da cidade.

Esta iniciativa de homenagem à foi apresentada pelos eleitos Pascal Cherki, Danièle Pourtaud e Hermano Sanches Ruivo, onde foi anunciada a inauguração de uma rua com o nome da artista, numa nova urbanização da cidade, ainda sem data marcada.

António Costa visitou igualmente a Galerie Jeanne Bucher Jaeger, onde estão expostas obras da pintora e do seu marido, Arpad Szenes.

À tarde, o presidente da Câmara de Lisboa tem encontro marcado com a comunidade franco-portuguesa do XIV bairro parisiense, acompanhado pela número dois da Câmara de Paris, Anne Hidalgo, cabeça de lista do PS francês para as eleições municipais de 2014, numa ação que tem como objetivo sensibilizar os portugueses para a participação política em França.

"É importante que os portugueses que aqui residem se inscrevam e que participem nas eleições locais. É um caminho decisivo para a integração, é um caminho decisivo para a afirmação das preocupações, dos valores que também são os nossos. Sem prejuízo da relação que têm com Portugal e de participar da vida política portuguesa, é importante que todos participem na vida política dos sítios onde vivem", acrescentou o presidente da Câmara de Lisboa.

Fonte: diariodigital.sapo.pt

Para página da categoria

Loading...