Elevada exposição da banca à divida pública preocupa Banco de Portugal

26 de Novembro de 2013 13:37

5 0

Elevada exposição da banca à divida pública preocupa Banco de Portugal

O Banco de Portugal está preocupado com a elevada dívida pública portuguesa detida pelos bancos, que em junho representava 37% da carteira de títulos do setor, devido ao impacto em capital e resultados caso sejam impostos limites à concentração de títulos.

Segundo os dados hoje divulgados no Relatório de Estabilidade Financeira do Banco de Portugal, no primeiro semestre deste ano, os bancos aumentaram a exposição à divida soberana de Portugal. Em junho de 2013, esta representava 37% da carteira de títulos dos bancos e 7% do total de ativos do setor bancário.

Para o supervisor e regulador bancário, apesar de a divida pública portuguesa contribuir para as rendibilidades dos bancos, devido as taxas de juro pagas, também "comporta alguns riscos".

O Banco de Portugal diz-se sobretudo preocupado com eventuais alterações regulamentares a nível europeu, no quadro da União Bancária, que poderão impor limites à concentração de dívida pública, o que teria impacto no capital dos bancos portugueses e, logo, nos resultados.

"Existe incerteza acerca do tratamento prudencial a aplicar futuramente a exposições ao risco soberano, que eventualmente se poderão traduzir quer em uma ponderação pelo risco desses ativos, quer na definição de limites a concentração geográfica, em ambos os casos podendo impactar o capital regulamentar. Esta alteração implicará potencialmente a redução da exposição ou a sua diversificação, o que afetará a rendibilidade das instituições", lê-se no documento divulgado.

O Banco de Portugal pretende, assim, que os bancos façam uma transição suave e comecem desde já a diversificar a sua carteira de ativos, em especial na componente de dívida pública, para evitar eventuais alterações abruptas com impacto negativo nas instituições.

Fonte: dinheirodigital.sapo.pt

Para página da categoria

Loading...