Facebook permite qualquer identidade de género aos americanos

28 de Fevereiro de 2015 9:12

5 0

Há um ano, o Facebook permitia pela primeira vez aos seu utilizadores alargarem a sua identificação de género além do clássico masculino e feminino e criou uma lista com mais de 50 alternativas, limitadas aos perfis criados nos Estados Unidos. A rede social actualizou estas definições e permite a partir de agora que o utilizador se identifique como quiserem numa caixa criada para o efeito.

O anúncio foi feito na página Diversity (diversidade) do Facebook. “Reconhecemos que algumas pessoas enfrentam desafios ao partilharem a sua verdadeira identidade de género com os outros, e esta definição dá às pessoas a capacidade de se expressarem de forma autêntica”, indica um post publicado no perfil.

À semelhança do que acontecia até aqui, o utilizador tem três opções: masculino, feminino e outra. Ao escolher outra surge uma caixa com sugestões do Facebook, como “andrógeno”, “transgénero”, “intersexual” ou “nenhum”, mas agora é possível ao utilizador escrever a sua própria identidade de género. Feito isto, pode optar-se por manter essa identidade privada ou partilhá-la no perfil de forma pública ou apenas com amigos.

Tal como após o anúncio em Fevereiro de 2014, ainda não é certo quando é que esta possibilidade se vai estender a utilizadores de outros países.

O Facebook e o seu presidente-executivo, Mark Zuckerberg, têm-se afirmado como fortes apoiantes dos direitos de gays, lésbicas, bissexuais e transgénero, participando nas populares paradas gay em San Francisco, nos Estados Unidos.

Fonte: publico.pt

Para página da categoria

Loading...