Jovens que não trabalham nem estudam são já 450 mil

24 de Novembro de 2013 22:33

19 0

Jovens que não trabalham nem estudam são já 450 mil

O número de jovens que não trabalham nem estudam subiu em Setembro para 450 mil. De acordo com dados hoje divulgados pelo jornal Público, mais de metade completou apenas o ensino básico, 29% têm o secundário e 17% têm no mínimo o curso superior.

Trata-se do número mais elevado dos últimos anos da geração «nem-nem» (a que os técnicos chamam NEET, acrónimo da expressão inglesa Young People Neither in Employment nor in Education and Training).

Mais de metade desta geração completou apenas o ensino básico, os restantes 29% o secundário e 17% têm no mínimo o curso superior.

O coordenador do relatório sobre o fenómeno dos «nem-nem», Massimiliano Mascherini, alerta que esta geração de jovens é bastante heterogénea mas sublinha que «alguns jovens correm um risco mais elevado de se tornarem NEET do que outros».

«Os jovens que abandonam o seu percurso escolar têm mais probabilidade de cair nesta situação. Quem tem um baixo nível de instrução tem três vezes mais probabilidades de se tornar NEET do que os que têm um curso superior», realça Massimiliano Mascherini em entrevista ao jornal Público.

Estes jovens, com idades entre os 15 e 34 anos de idade, estão sem qualquer actividade neste momento.

Fonte: dinheirodigital.sapo.pt

Para página da categoria

Loading...