Ucrânia apela aos apoiantes do regime para regressarem a casa

14 de Dezembro de 2013 14:10

8 0

Ucrânia apela aos apoiantes do regime para regressarem a casa

"A Ucrânia não precisa de barricadas. Enfraquecem o país. É preciso compreender que temos objetivos e tarefas comuns e que as discrepâncias devem resolver-se na mesa das negociações", afirmou Nikolái Azarov num comício em Kiev organizado pelos apoiantes do regime do Partido das Regiões (PR).

A concentração do PR, que segundo as estimativas da polícia reuniu 10 mil pessoas, realiza-se a cerca de 200 metros de distância da Praça da Independência, o quartel-geral dos protestos antigovernamentais que começaram há três semanas.

Para prevenir confrontos entre os que se manifestam a favor e contra o Governo, a polícia bloqueou com autocarros e camiões a avenida Kreschátik, que une as duas praças da capital ucraniana.

Azarov apelou aos manifestantes para regressarem a casa e assegurou que no país não há mais comícios como o da Praça da Independência, em protesto contra a decisão do Governo de adiar a associação com a União Europeia.

"O resto do país vive e trabalha normalmente", assegurou o chefe do Governo no comício do PR.

A Praça da Independência está repleta de enormes tendas de campanha militares que acolhem os ativistas ali instalados há mais de três semanas, entre um mar de bandeiras nacionais, europeias e dos partidos da oposição.

"Se houver alguma provocação, posso assegurar que será organizada pelas autoridades", afirmou à imprensa o ex-ministro da Defesa e membro da oposição, Anatoli Gritsenko, que adiantou que "a situação dentro da Praça da Independência é mais segura que no exterior".

Fonte: noticiasaominuto.com

Para página da categoria

Loading...