Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Merkel não se recandidata à liderança da CDU

29 de Outubro de 2018 9:47
35 0

A chanceler alemã anunciou ao seu partido que não se recandidatará ao cargo.

A chanceler alemã Angela Merkel disse à liderança do seu partido CDU que não se recandidatará ao cargo no partido (onde está desde 2000) no congresso de Dezembro, mas pretende manter-se como chanceler, cargo que ocupa desde 2005. A informação é avançada pela agência noticiosa alemã Deutsche Presse-Agentur (DPA).

Segundo os meios de comunicação alemãos, o antigo líder do partido, Friedrich Merz, é um dos candidatos a sucessor da chanceler na União Democrata-Cristã (CDU). Também a secretária-geral da CDU, Annegret Kramp-Karrenbauer, conhecida como “mini-Merkel” na imprensa estrangeira, está na corrida, de acordo com a Reuters.

Merkel, que durante anos disse que o cargo de chanceler deveria pertencer ao líder do governo, parece estar a seguir os passos do seu antecessor, Gerhard Schroeder. Este também permaneceu chanceler da Alemanhã depois de ter deixado o seu cargo enquanto líder da coligação entre o Partido Social Democrata (SPD) e os Verdes, em 2004.

O partido de Merkel obteve os piores resultados desde 1966, segundo as sondagens provisórias das eleições. A emissora ZDF mostra que a CDU venceu a eleição com 27,2% dos votos, e que os sociais-democratas, seus parceiros no Governo alemão, obtiveram 19,6%. A “grande coligação” sofreu grandes perdas, parecendo incapaz de contrariar a onda de impopularidade que os afecta e fragiliza o Governo, o que justifica o crescimento dos Verdes (19,6%) e da Alternativa para a Alemanha (AfD).

Fonte: publico.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0