Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Morreu o filósofo Paul Virilio

18 de Setembro de 2018 14:24
31 0

O filósofo francês, Paul Virilio, morreu no dia 10 de Setembro de 2018, após ter sofrido uma paragem cardíaca, mas a sua morte só foi comunicada pela família esta terça-feira, oito dias depois, porque o próprio tinha expressado o desejo de que as exéquias fúnebres, realizadas na segunda-feira, dia 17, decorressem na mais "estrita intimidade". A explicação é dada num texto agora divulgado pela Fundação Cartier, assinado pela filha do pensador e arquitecto, Sophie Virilio.

Antigo director da Escola Superior de Arquitectura de Paris, Paul Virilio deixa um legado relacionado com urbanismo e uma vasta reflexão sobre a velocidade como essência da organização de uma sociedade e do controlo político. Nasceu em Paris em 1932, definia-se a ele mesmo como um "filho da guerra total", que cresceu "profundamente marcado pelos bombardeamentos em Nantes". A guerra acabaria, de resto por ser um dos temas de que se ocupou ao longo da vida.

Na década de 70, dirigiu a colecção L'Espace Critique, das edições Galilée, que reuniu autores como Georges Perec, Jean Baudrillard ou Félix Guattari, entre outros.

Fonte: publico.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0