Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Mundial 2018: mais de 7 mil redes Wi-Fi das cidades sede não encriptam o tráfego

4 de Julho de 2018 15:08
17 0
Mundial 2018: mais de 7 mil redes Wi-Fi das cidades sede não encriptam o tráfego

Os hackers só precisam de encontrar um ponto de acesso para interceptar o tráfego de rede e obter informações confidenciais de utilizadores desprotegidos.

As três cidades com maior percentagem de redes Wi-Fi inseguras são: São Petersburgo (37%), Kaliningrado (35%) e Rostov (32%). No extremo oposto encontram-se localidades relativamente mais pequenas, entre elas Saransk, onde apenas 10% dos pontos de acesso estão abertos, ou Samara, com 17%.

Quase 66% de todas as redes públicas nestes locais utilizam a família de protocolos Wi-Fi Protected Access (WPA/WPA2) para a encriptação do tráfego.

Fonte: jornaleconomico.sapo.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0