Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

"Número dois" das Forças de Defesa timorenses vai ser novo ministro Defesa

20 de Junho de 2018 7:03
19 0
"Número dois" das Forças de Defesa timorenses vai ser novo ministro Defesa

O "número dois" das Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL), o brigadeiro-general Filomeno Paixão, pediu a exoneração do cargo, devendo na sexta-feira tomar posse como novo ministro da Defesa, afirmou hoje o Presidente timorense.

"O senhor brigadeiro-general fez o pedido de passagem à reforma ao senhor comandante Lere e enviou uma carta. Penso que o processo será relativamente fácil", disse à Lusa Francisco Guterres Lu-Olo.

Filomeno Paixão deverá assim passar à reforma nas forças timorenses e na sexta-feira tomar posse como ministro da Defesa do VIII Governo constitucional, cujo primeiro-ministro será o seu antigo comandante Taur Matan Ruak.

"Quero deixar aqui um vivo reconhecimento por tudo o que fez durante todos estes anos", disse Lu-Olo.

"Quando desci das montanhas foi a primeira pessoa que vi a trabalhar nas Falintil, nos momentos antes de transformação em FDTL", afirmou.

Pelo passado e ligação de Filomeno Paixão às forças de defesa, e antes disso ao braço armado da resistência timorense, o Presidente de Timor-Leste considerou ser uma escolha "muito boa" para o cargo de ministro da Defesa.

Nascido em 1953, Filomeno da Paixão de Jesus ingressou nas Falintil em 1975, aquando da sua formação e, com a restauração da independência permaneceu integrado nas fileiras das Forças de Defesa timorenses.

Condecorado pelo Presidente timorense pelos serviços prestados na operação Halibur, desencadeada em fevereiro 2008 pelas forças armadas e polícia para capturar o grupo responsável pelo ataque contra o então Presidente timorense José Ramos-Horta e o primeiro-ministro Xanana Gusmão timorenses, Filomeno da Paixão de Jesus foi promovido a coronel a 14 de janeiro de 2009, tendo posteriormente completado o Curso de Promoção a Oficiais Generais.

Leia também: Ferro Rodrigues destaca Loureiro dos Santos como um militar "muito admirado pelos portugueses"

Fonte: rtp.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0