Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

ONU pede alargamento do prazo das forças de paz no Sara Ocidental

4 de Outubro de 2018 4:22
13 0

O secretário-geral da ONU pediu hoje ao Conselho de Segurança que estenda por um ano o mandato das forças de paz no Sara Ocidental, para apoiar o reinício das negociações políticas agendadas para dezembro.

"Recomendo que o Conselho estenda o mandato por um ano, até 31 de outubro de 2019, para dar ao meu emissário o espaço e o tempo necessários para criar condições que permitam o avanço do processo político", escreveu António Guterres, num documento obtido pela agência noticiosa francesa AFP.

"Peço às partes e aos vizinhos que cheguem à mesa de negociações de boa-fé e sem condições prévias", nos dias 05 e 06 de dezembro próximo, na Suíça.

Marrocos e a Frente Polisário concordaram em participar nas "discussões preliminares", disse António Guterres, mostrando-se confiante em relação às respostas da Argélia e da Mauritânia, os outros dois países convidados para a "mesa-redonda" organizada em Genebra.

A última ronda de negociações entre Marrocos e a Frente Polisário remonta a 2012.

A Polisário reivindica um referendo de autodeterminação para o Sara ocidental, uma região desértica de 266.000 quilómetros quadrados. Marrocos rejeita qualquer solução que não implique uma autonomia sob a sua soberania.

Rabat assumiu o controlo da maior parte do Sara ocidental a partir de 1975 após a retirada de Espanha, a potência colonial. A Polisário, que combatia o domínio espanhol, proclamou em 1976 a República Árabe Sarauí Democrática (RASD) e combateu as tropas marroquinas até um cessar-fogo concluído em 1991.

Marrocos também manifestou o desejo de envolver a vizinha Argélia neste processo, mas em abril Argel anunciou que não pretende participar nas negociações.

Fonte: ojogo.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0