Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Putin felicita Erdogan pela reeleição presidencial na Turquia

25 de Junho de 2018 9:19
10 0

O presidente russo, Vladimir Putin, cumprimentou, esta segunda-feira, Recep Tayyip Erdogan pelo novo mandato presidencial na Turquia, destacando a sua "grande autoridade política".

Numa mensagem de felicitações, Vladimir Putin sublinhou que o resultado da eleição "atesta plenamente a grande autoridade política" de Recep Tayyip Erdogan, destacando o "amplo apoio" da Rússia à sua liderança.

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, obteve nas eleições de domingo mais do que os 50% de votos necessários para ser eleito à primeira volta para um novo mandato presidencial com poderes reforçados, anunciaram hoje as autoridades eleitorais.

"De acordo com os resultados, parece que Recep Tayyip Erdogan venceu com maioria absoluta dos votos válidos", o que lhe permite ser reeleito à primeira volta, disse o diretor do Alto Comité Eleitoral (YSK), Sadi Güven, numa conferência de imprensa em Ancara.

Güven indicou que 97,7% dos votos foram registados no sistema informático do YSK, precisando que os boletins que ainda não foram contabilizados não eram em número suficiente para retirar a Erdogan a maioria absoluta.

O diretor do YSK não avançou o resultado final das presidenciais, mas a agência noticiosa estatal Anadolu afirma que Erdogan venceu o escrutínio com cerca de 52,5% dos votos, segundo resultados parciais após a contagem da quase totalidade dos boletins de voto.

Os cidadãos turcos votaram no domingo num duplo escrutínio, presidencial e legislativo, muito disputado entre Erdogan, que domina a cena política turca há 15 anos, e uma oposição determinada a impedi-lo de continuar no poder.

Estas eleições são particularmente importantes porque representam a passagem do sistema parlamentar até agora em vigor para um regime presidencialista, que permitirá a Erdogan aumentar consideravelmente as suas prerrogativas.

Fonte: jn.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0