Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

O que ainda falta decidir na Liga Europa?

12 de Dezembro de 2018 23:31
69 0

Já são conhecidos alguns cabeças de série para o sorteio dos 16 avos-de-final da Liga Europa, mas há muito ainda por decidir na fase de grupos.

Arsenal, Bayer Leverkusen, Chelsea, Dínamo Zagreb, Dínamo de Kiev, Eintracht Frankfurt, Fenerbahçe, Lazio, Bétis, Salzburg, Sporting, Zenit e Zurique são equipas que já têm o passaporte para os 16 avos-de-final da Liga Europa.

Depois de serem relegados da Liga dos Campeões, Club Brugge, Inter de Milão, Nápoles, Galatasaray, Benfica, Valência, Viktoria Plzen e Shakhtar Donetsk irão fazer companhia a estes emblemas na prova secundária da UEFA. Milaneses e napolitanos serão cabeças de série no sorteio da próxima fase, bem como o Benfica e Valência, por serem os quatro melhores terceiros classificados da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Neste lote de equipas também estarão os primeiros classificados dos grupos da Liga Europa. Aí ainda há 11 lugares em discussão.

Há três grupos da Liga Europa com tudo ainda em aberto. Qualquer das equipas pode seguir em frente em primeiro ou ser eliminado.

No grupo G, Villareal e Rapid Viena têm sete pontos, mais um que o Glasgow Rangers (6) e dois que o Spartak de Moscovo (5). Para os espanhóis, que vão receber os russos, um empate basta para a qualificação. Se os austríacos fizerem melhor em casa frente aos escoceses passam em primeiro. Rangers e Spartak, em caso de vitória, podem inverter tudo se vencerem. O mesmo desfecho pode surgir no grupo I, onde o Genk recebe na Bélgica os noruegueses do Sarpsborg e o Besiktas de Ricardo Quaresma joga em casa frente aos suecos do Malmo.

No grupo J, Krasnodar (12 pontos), Sevilha (9) e Standard de Liège (9) podem seguir em frente e os dois lugares de acesso aos 16 “avos” estão em aberto. Os andaluzes recebem os russos, que podem seguir em frente se vencerem ou alcançarem o mesmo resultado dos belgas por terem vantagem no confronto directo. O Standard vai ao terreno dos turcos do Akhisarspor e tem de pontuar mais do que o Sevilha. Mesmo em primeiro, os russos podem ser eliminados em caso de vitória do conjunto de Liège e se perderem por 4-0 ou por mais de cinco golos no estádio Ramón Sánchez Pizjuán.

Em outros grupos, a procura pela qualificação no segundo lugar promete ser intensa. No grupo B, Celtic (9 pontos) precisa de fazer pontos em casa frente ao líder Salzburgo para não permitir uma investida dos alemães do Leipzig (6) que recebe o já eliminado Rosenborg, da Noruega.

No grupo C, Copenhaga (5 pontos) e Bordéus (4) vão jogar entre si. Uma vitória de uma das equipas só é suficiente se os checos do Slavia Praga (7) perderam em casa frente ao líder e já qualificado Zenit São Petersburgo.

AC Milan (10 pontos) e Olympiakos (7) encontram-se na Grécia para discutir a qualificação pelo grupo F. A equipa orientada pelo português Pedro Martins tem de vencer os italianos por 2-0, 3-1 ou por vantagem de três golos. Para os milaneses serve um empate ou até uma derrota por apenas um golo de desvantagem. O líder Bétis desloca-se ao terreno do Dudelange.

O mesmo cenário acontece no grupo K. O Rennes (6 pontos) em terceiro, recebe o segundo, Astana (8). Os cazaques não podem perder para seguir em frente.

Por fim, no grupo L, onde o Chelsea está confortável na liderança, os outros três emblemas ainda têm possibilidade de chegar ao segundo lugar. O BATE Borisov, em segundo lugar com seis pontos, tem de vencer o PAOK na Grécia, que está em último com três pontos. Se os bielorussos empatarem, o MOL Vidi pode passar se vencer na recepção ao Chelsea. Para os gregos de Salónica sonharem com a presença nos 16 avos-de-final têm de vencer o BATE e o Vidi tem de perder. PAOK empata a pontuação, mas tem vantagem sobre os outros dois adversários na diferença de golos.

AEK Larnaca, Akhisar Belediyespor, Anderlecht, Apollon Limassol, Dudelange, Jablonec, Ludogorets, Marselha (o finalista da última edição da Liga Europa, uma das grandes desilusões da competição), Qarabag, Rosenborg, Spartak Trnava e Vorskla Poltava já não têm qualquer hipótese de qualificação.

Fonte: publico.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0