Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Suspeito de matar ex-mulher por asfixia julgado segunda-feira no Porto

14 de Setembro de 2018 9:40
1 0

O Tribunal de São João Novo, no Porto, inicia na segunda-feira o julgamento de um homem que o Ministério Público (MP) acusa de ter matado por asfixia a ex-companheira, em outubro de 2017, disse hoje fonte judicial.

O arguido foi acusado de um crime de homicídio qualificado, punível com pena de prisão entre 12 e 25 anos.

Uma vez que também se apoderou de 1.175 euros que a vítima recebera de vencimentos, está igualmente acusado por furto.

A acusação, deduzida em 03 de maio, indica que o arguido, de 57 anos, suspeitava que a vítima, de 40 anos, com quem mantivera uma relação de união de facto até 2015, tinha um relacionamento amoroso com outro homem.

Face a essa desconfiança, em 30 de outubro de 2017 dirigiu-se ao quarto em que a vítima residia, na rua Álvares Cabral, na cidade do Porto, e questionou-a quanto a esse relacionamento, mas ela não lhe respondeu e ordenou-lhe que fosse embora.

"O arguido lançou-lhe as mãos ao pescoço e procurou asfixiá-la, o que veio a conseguir tapando-lhe boca e nariz com uma peça de roupa, assim dando causa à sua morte", refere o MP.

Leia também: Professora condenada por dez crimes de maus tratos a alunos

Fonte: ojogo.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0