Receba atualizações de notícias ao minuto sobre os temas mais quentes com a NewsHub. Instale já.

Tribunal da Madeira condenou homem que matou ex-companheira a 23 anos de prisão

12 de Outubro de 2018 13:30
25 0

O homem que esfaqueou até à morte a ex-companheira, em abril de 2017, no Funchal, foi hoje condenado a 23 anos de prisão pelo Tribunal da Comarca da Madeira.

O arguido, preparador físico, com 44 anos, foi acusado dos crimes de homicídio qualificado, de violência doméstica da ex-companheira, que foi subdiretora da Loja do Cidadão no Funchal, e de resistência e coação sob funcionário [PSP].

O julgamento começou na Instância Central do Tribunal da Comarca da Madeira, a 24 de maio, tendo o coletivo presidido pela juíza Carla Meneses considerado que o arguido "agiu com o propósito de tirar a vida" da vítima.

Fonte: rtp.pt

Partilhe nas redes sociais:

Comentários - 0